Mesas-Redondas

Mesa 1 (de abertura): Para pensar a cidade e o urbano hoje: diálogo interdisciplinar no campo das ciências humanas e sociais

 

Palestrantes: Ana Fernandes (UFBA)/Carlos Brandão (IPPUR-UFRJ)/Cibele Risek (USP-São Carlos)/Debatedor: José Aldemir de Oliveira (UFAM)

 

Ementa da Mesa 1 (de Abertura): Espera-se tratar na mesa de abertura os diferentes modos como, a partir dos diferentes campos disciplinares – geografia, arquitetura e urbanismo, economia e sociologia – pensa-se a cidade, o urbano e a metrópole. A mesa-redonda de abertura buscará, sobretudo, fomentar e garantir o diálogo/o debate entre diferentes disciplinas para a compreensão dos conteúdos da urbanização no período contemporâneo.

 

Mesa 2: O futuro da cidade: Política urbana ou projeto utópico?

 

Palestrantes: Jorge Barbosa (UFF)/Igor Robaina (UFES)/Tadeu Alencar Arrais (UFG)/Debatedor: Floriano Godinho Oliveira (UERJ)

 

Ementa da Mesa 2: As reivindicações presentes hoje na sociedade urbana trariam elementos que permitam pensar em mudanças no modo como se pensa e se atua no urbano? Permitem colocar no horizonte o debate sobre a utopia? Que utopias/ideias de cidade/imaginários motores/projetos revelam? Como as utopias podem se contrapor ao hegemônico? Nesse contexto, o ponto de partida da reflexão é o questionamento se há uma teoria – ou teorias – que seja (m) capaz (es) de pensar a cidade como projeto utópico e não apenas como política urbana, discutindo-se como se coloca o futuro no cotidiano da cidade e das lutas urbanas e quais as perspectivas críticas sobre os instrumentos de gestão atualmente existentes.

 

Mesa especial: Contribuições teóricas para a pesquisa urbana: Milton Santos, Maurício Abreu, Neil Smith e Edward Soja

 

Palestrantes: Angelo Serpa (UFBA-Milton Santos)/Pedro Vasconcelos (UFBA-Maurício Abreu)/Isabel Alvarez (USP-Neil Smith)/Igor Catalão (UFFS-Edward Soja)

 

Ementa da Mesa Especial: Mesa de homenagem póstuma a quatro nomes de destaque da Geografia e que se propõe a refletir sobre as contribuições teórico-metodológicas destes geógrafos e seu papel na construção do conhecimento sobre a cidade e o urbano.

 

Mesa 3: Produção do urbano e da cidade na era da financeirização

 

Palestrantes: Jânio Santos (UEFS)/Cesar Simoni Santos (USP)/Daniel Sanfelici (UFF)/Debatedor: Cláudio Zanotelli (UFES)

 

Ementa da Mesa 3: Como pensar o papel da cidade e do urbano no momento atual, buscando-se explicitar os elementos, projetos imobiliários e as contradições do processo de financeirização na produção do urbano? Financeirização, fixação/imobilização de capital, novos empreendimentos imobiliários, verticalização/adensamento, operações urbanas serão tematizados como processos e formas que dão especificidade à cidade e ao urbano no século XXI, pensando-se nos processos hegemônicos numa perspectiva generalizante.

 

Mesa 4: Especificidades da cidade e do urbano no Brasil

 

Palestrantes: Saint-Clair Trindade (UFPA)/Rita de Cássia da Conceição Gomes (UFRN)/Jan Bitoun (UFPE)/Debatedora: Kelly Bessa (UFT)

 

Ementa da Mesa 4: Esta mesa pretende abordar e refletir teórica e conceitualmente sobre as especificidades da cidade e do urbano no Brasil, a partir de diferentes “portas de entrada” para a reflexão proposta. Parte-se do pressuposto de que o presente das cidades brasileiras revela suas contradições e que um projeto de futuro traz como exigência, para a Geografia Urbana no Brasil, compreender o que é esta cidade e este urbano do presente, com foco na formação sócio-espacial brasileira. Pretende-se abordar as relações entre cidade, urbano, urbanização e metropolização, bem como as novas faces dos processos de fragmentação, segregação e expansão da mancha urbana no país.

 

Mesa 5: As escalas espaço-temporais do urbano

 

Palestrantes: Maria Encarnação Beltrão Sposito (UNESP-PP)/Rogério Haesbaert (UFF)/Paulo César da Costa Gomes (UFRJ)/Debatedora: Nelba Azevedo Peña (UnB)

 

Ementa da Mesa 5: O processo de urbanização e as desigualdades/diferenças no espaço e no tempo são os focos desta mesa, norteada pelas seguintes questões: Quais os conteúdos da desigualdade/da diferença que aparecem ou se desdobram – nas mais diversas escalas temporais e espaciais – em processos como segregação, precarização, exclusão, reclusão etc.? Seriam as desigualdades/as diferenças um problema de escala? Como relacionar diferença e desigualdade a partir da análise dos aspectos socioculturais concernentes às práticas espaciais de uso e apropriação do espaço urbano?

 

Mesa 6 (de encerramento): Que teorias para compreender a cidade e o urbano neste século? (Contribuição da Geografia)

 

Palestrantes: Marcelo Lopes de Souza (UFRJ), Ana Fani Alessandri Carlos (USP)/José Borzacchiello da Silva (UFC)/Debatedora: Arlete Moyses Rodrigues (UNICAMP)

 

Ementa da Mesa 6 (de Encerramento): Esta mesa tem por objetivo explorar a contribuição da Geografia para pensar a cidade e o urbano no século XXI: O que a Geografia propõe e qual a sua especificidade? Busca-se aprofundar a compreensão teórica sobre os conteúdos da urbanização com foco nos caminhos que a Geografia Urbana percorre/percorreu para o confronto de linhas epistemológicas na produção de conhecimento de caráter prospectivo.